domingo, 18 de agosto de 2019

SÃO FRANCISCO CALIFORNIA USA - PARA OS ÍNTIMOS FRISCO





    
São Francisco, conhecida carinhosamente como "Frisco".
Uma das cidades mais bonitas e tranquilas dos Estados Unidos, que me surpreendeu. 
Clima ameno mesmo no inverno, localizada na baía do mesmo nome.
Várias companhias partem do Brasil para alcançar o oeste americano . Podemos escolher as que oferecem preços razoáveis. Passando pelo o México ( Aeroméxico),  ou ( Copa), pelo o Panamá. 
Nessa viagem, escolhi a Delta, americana,pois não encontrei vaga nos dias desejados, nas companhias citadas acima, e essa, faz o trajeto por Atlanta, aonde é feito a imigração.Após a entrada no serviço de imigração, devemos tomar  o metrô interno e alcançar o portão de embarque.É necessário no minimo, 2 horas para essa mudança de vôo. 
Chegando em S Francisco, pegue o trem para o centro da cidade , se o seu hotel for nessa área. Se vai ficar para noutra região,use uber , táxi ou shuttle.
O trem se compra ao chegar, e o shuttle a reserva é feita com antecedência, pela internet.
(Aconselho usar o trem, se vai ficar no centro da cidade, perto da Union Square). 


Lojas de grife na Union Square- Goyard
.Agora vamos as dicas de São Francisco

1- Conheça a Golden Gate Bridge. Tem a opção de atravessar a pé , de bicicleta,de carro ou de onibus ( hop on- hop off). Essa ponte é cartão postal da cidade foi construída para ligar a Marin County em 1937. Foi cenário de centenas de filmes, que a eternizaram.








2-Visite o pier 39 , chamado Fisherman's Wharf, é sensacional.
 Sempre movimentado, com  muitos restaurantes, lojas, bares e sorveterias .  Nesse local, seguindo mais em frente, podemos apreciar os lobos marinhos que ficam perto do cais. É atração certa.
Tem uma vista linda da baía com barcos e aviões passando bem próximos.  Fiquei apaixonada.





3-Aproveite o mercadão,  o San Francisco Ferry Building.tambem chamado Market Place.O lugar preferido do "gourmand" , repleto de restaurantes, cafés,padarias,  lojas com produtos especiais, queijos, azeites, compotas e  frutas. Sem esquecer de comer o "sourdoug bread", na Boudin Bakery. Delicia que jamais vai esquecer.Esse pão lembra o pão italiano, mas tem sabor mais ácido e muito macio, E se deliciar com as ostras no Hog Island Oyster .



4- Faça um tour nos museus.                               Vale a pena o Museu de Arte, aonde encontrará obras de Pollock, Henri Matisse, Diego Rivera, Picasso e Frida kahlo . 
Outro museu, o Yerba Buena Center of Arts.










5- Chinatown, é uma área que merece uma tarde inteira para  compras e almoçar. A Stockton Street tem muitas lojas com produtos especiais. A decoração é muito típica e simpática.


Chinatown




Japantown







6- Japantown-  é outro bairro encantador, restaurantes fantásticos, lojas e decoração típica .. Destaco os pequenos shoppings , o Japan Center, e Nihon Machi. Nessa bairro estão localizadas as melhores clinicas de beleza da cidade (informação de uma loja de cosméticos), a confirmar.  Para quem gosta de produtos e cremes de pele, é um paraiso. Comprei nesse bairro, produtos coreanos, que são raros. Fiquei hospedada no  hotel Kabuki, nesse bairro japonês  não muito longe do centro, confortável, aonde fui muito bem recebida.


7- Conheça o Aquarium  of the Bay, fica no pier 30 , ideal para quem viaja com filhos pequenos e curiosos.
. .
8- O que não pode faltar, é o passeio no bonde mais famoso do mundo . É permitido viajar no lado externo se tem vaga, pois o bonde não trafega rápido, e é seguro. Experiencia muito agradável, quando lembramos dos filmes românticos.
 Um dos locais  para tomar o bonde, é a praça Union Square. Nêsse local, é tambem o ponto do onibus sightseeing, hop on hop off.


Ponto de parada do bonde.
9- No passeio de bonde, desça para conhecer a Lombard Street(lembrando que ao descer pagará outra passagem, se  quiser voltar no bonde) . 
Essa é a famosa rua tortuosa e íngreme , vale a pena contemplá-la e fotografar seus jardins bonitos. Logo no inicio, no ponto mais alto, temos uma vista belíssima da cidade.

Se quiser diversão, alugue um Go Car, para subir e descer com um sensação de movimento ao longo do trajeto.



 -No passeio do bonde, desça na Lombard Street e siga até a Ghirardelli Square, um dos complexos gastronômicos importantes da cidade.
Nessa praça poderá experimentar os famosos bombons e chocolates da Original Ice Cream  Ghirardelli Manufactory. Woww ninguem vai se arrepender. Aproveite tambem Kara's Cupcake, Loris dinner e McCormick ans Kuleto's.

11-Visitar a ilha de Alcatraz.  A principio, não estava na minhas prioridades, mas fiquei satisfeita com a insistência do meu filho. Pois é um lugar de história, foi quartel, foi prédio administrativo em tempos de guerra, e no final, presidio.Passaram  aí alguns criminosos perigosos,como Al Capone, Birdman, e outros tudo registrado e contado no aúdio, que recebemos logo na entrada.
 Não esqueçam que para essa visita, é necessário fazer  reserva com antecedência no site, alguns dias antes da viagem, pois tem um número limitado de visitantes.Tomamos o ferryboat  no pier 36 que nos leva a ilha em poucos minutos. 
Aconselho levar agasalho pois faz muito frio.


O embarque para Alcatraz é nesse pier 30.

Atenção a  dica mais importante , aonde ficar em São Francisco.

Se necessário, use esse site: Pesquisador de Hotéis em São Francisco

Região da Union Square é o centro da cidade.Facilita muito o turista, pois fica perto dos shoppings, do acesso aos passeios de onibus e do bonde e das lojas fantásticas.

Região da Fisherman`s Wharf, proximo do mar e dos piers.

Deixo agora umas dicas interessantes que só visitando a cidade você pode perceber.
Uber tem o Uber black é o mais caro 
Uber pool , terá de dividir com outros passageiros
 Bart é o nome do trem que sai do aeroporto de São Francisco, para o centro da cidade. Não passa na região de Fisherman`s Wharf

Se tiver reserva em shuttle o local é bem fácil. Logo ao desembarcar ,verá a parada do outro lado da pista.
Reserve 15% do valor pago, para a gorjeta.

Recomendo alguns hotéis por experiencia pessoal .
Kabuki- no bairro japonês, o preço é ótimo e boa acolhida. Fica um pouco longe do centro.
Fairmont- que é antigo, restaurado e sempre tem promoções. É belissimo.
Nikko , prédio alto, mais próximo do centro.
A cidade tem excelentes e luxuosos hoteis mas com a opção de hospedagem em sites como Vrbo.com

Em algum restaurante da sua escolha no pier Fisherman`s Wharf, não deixe de provar a sopa de caranguejo, clam showder,  servida com o pão sourdough

Restaurante que escolhi no roteiro, indico sem medo, 
é o Pacific Catch 2027  Chestnut St Cross, de frutos do mar. Um lugar simples mas uma cozinha inesquecivel Aproveitei para almoçar na volta de Alcatraz.

Uma noite hospedada no bairro japonês, jantei no Izakaya Kou, 1560 Fillmore St. Excelente.

O melhor café da cidade, Sweet Maple 2101 Sutter St, com água na boca, só ao lembrar. Chegue cedo pois é muito frequentado e tem que esperar. Os bancos na calçada são confortáveis.

Se tiver tempo, visite Sausalito cidade a 8 kms de distancia,fica a beira mar, do outro lado da Golden Gate tranquila e agradável. Possui ótimos restaurantes, bistrôs, galerias de arte , lojinhas e uma vista muito linda de Frisco. 
Ruas do centro num dia feriado.








terça-feira, 6 de março de 2018

FAMOSAS PRAIAS DE OAHU

North Shore da ilha de Oahu - são sete milhas que separam Haleiwa de Sunset Beach. Nesse trecho,você irá encontrar mais de 30 points de surf.
É um tour relaxante nas areias do Havai.
No mês de outubro, o mar é calmo e próprio para banho .




 Chegando aqui o sonho se torna realidade, pois lembraremos dos filmes de Elvis Presley, e alguns seriados mostrando a meca do surf.

O caminho das praias do norte é pegar a H1 no sentido oeste e depois a H2 sentido norte e, num certo trecho, verá a direcão de Haleiwa . 
 Acorde cedo, prepare um lanche antes da viagem,e siga sem ter hora pra voltar. 
 


 A primeira parada, será a vila de Haleiwa,um centrinho pequeno com casas de madeira, abrigando lojas e galerias de arte.


Não deixe de visitar as lojas de surf, para desvendar os segredos dos surfistas.O povo é simpático, recebe bem  e gosta de falar da história da terra.

 


 De Haleiwa no sentido norte, vem as praias famosas.
 A estrada se chama Kamehameha (kam) e só tem uma faixa, mas é uma excelente rodovia. 
Em seguida a Turtle Bay Beach , voluntários tomam conta das tartarugas.

A Waimea Beach,é considerada um dos melhores points do planeta. Nessa época,(outubro) podemos tomar banho com tranquilidade, em piscininhas e usando snorkel.
O ponto alto do surf, fica no canto direito perto das pedras. Ondas altas nessa praia chegam a 50 pés, é coisa de louco(não fui na época do surf).




Waimea em outubro


Época de campeonato
Three Tables- ótimo local para snorkel, mergulhar com  o mar é tranquilo.A praia tem árvores, ótimo para um pic- nic.

Shark`s cove - Pupukea , é um parque marinho tambem forma piscinas.Em Haleiwa e Shark`s Cove, tem lojinhas para alugar equipamentos.

Pipeline - chamada tambem de Pipe, dos tubos perfeitos para o esporte .É o lugar mais procurado para a prática de surf.Mesmo em dias calmos a corrente é forte. Mas aproveitamos uma manhã nessa praia.
 Sabe o que é achar que estava sonhando, ao chegar nesse lugar? É a praia das competições internacionais.






 E agora vamos para a Sunset Beach, a praia do por do sol . Falam que aqui, as ondas não são nada fáceis.
Mas para apreciar o sol no final da tarde, é inesquecível.

Quero lembrar que as praias do Havai não tem quiosques, calçadão, vendas de cerveja ou música , é tudo natureza e tranquilidade. As cadeiras você deve trazer, e todos os apetrechos que desejar.Tem somente um chuveirão para lavar o pé, bebedouro e uma estrutura básica de banheiro.
Nas praias principais, tem salva-vidas.

Para uma refeição nessa região, escolhi o Giovani`s Shrimp.Fica na estrada saindo de Sunset Beach, há um galpão rodeado de truck food, um centro de alimentação e descanso. Esse é de um brasileiro, com uma comida gostosa,e preço bom.O carro é de cor branca.
Outros carros,oferecem diferentes especialidades, como também, deliciosos smoothies(mistura de várias frutas  batidas com gelo), que delicia.
No centro, tem as mesas e cadeiras em ambiente simples e descontraído.

A ultima praia tem uma característica bem selvagem e o mar de uma cor especial.Veja foto abaixo.











 Nesse roteiro, passamos pelo o Centro Cultural Polinésio, com atrações de danças típicas, ula - ula e outros shows bem elogiados.
Fizemos somente um tour de reconhecimento e não ficamos para os shows,pois seria muito cansativo.
É recomendável sair de Honolulu no final da tarde, preparado para voltar a noite.





 No caminho de volta para Honolulu , fim de tarde.
  Próxima postagem- escreverei sobre as praias do leste de Ohau.

domingo, 4 de março de 2018

HAWAII OHAU HONOLULU


 Logo no inicio desse post gostaria de falar, se deseja visitar o Hawaí, não hesite , vale a pena cada centavo que gastar. É um roteiro caro, mas inesquecível.Programar com antecedência é fundamental, pois seu tempo será melhor utilizado.



Alowa 
expressão usada como saudação ou despedida.Originalmente era usada como demonstração de afeto, amizade, cordialidade e hospitalidade. 



Vista aérea de Ohau

Honolulu  a capital de Ohau


São 7 ilhas habitadas no Hawai, que podem ser visitadas: Ohau,Mahui,Kauai,Big Island e Molokai.

Escolhemos Ohau, por ser a mais importante e turística.É a ilha com maior estrutura hoteleira e gastronômica.
Optamos ficar 5 dias inteiros(fora os dias de viagem). Honolulu é a capital do estado,com a famosa praia de Waikiki.

Clima-
O melhor do Havai, poderá ser visitado o ano todo. O clima é tropical,temperatura agradável em torno de 25 graus, belas praias, e cultura diversa com influência asiática, europeia,norte americana(é um estado americano) e polinesia.


Praia de Waikiki- preparaçao dos surfistas


           Logo ao chegarmos no hotel, encontramos um  grupo saindo para surfar em praias distantes.


Depois de 5 horas de vôo (saindo de São Francisco), uma pausa para descansar.O melhor lugar,a murada da praia de Waikiki.
Deve ser o  primeiro passeio a ser feito ao chegar, tomar um banho e ver o por do sol.Espanta o jet lag e a dormida é perfeita para se aclimatar.
 


                 Combinação de banho de mar e por do sol.






O clima é caracterizado por 2 estações:o verão de maio a outubro, quando o mar é calmo, um convite a um mergulho  nas suas águas cristalinas, e o inverno,de novembro a abril, quando os surfistas do mundo inteiro vem em busca das altas ondas.
O que mais recordo de Honolulu é o por do sol, todos ficam 
na praia até a noitinha.Assistindo o vai e vem de surfistas e barcos. 
Do hotel,trazemos cadeiras, toalhas e água para acamparmos até o horário do programa noturno.

Em Ohau-na praia de Waikiki,temos a prática de esportes náuticos,stand-up paddle, canoagem e surf, êsse último, o esporte preferido.

E para quem não pratica nenhuma modalidade acima,é indicado trazer boias para se balançar ao sabor das ondas (nesse trecho, o mar é bem calmo). 




Na capital, o destaque é Waikiki, é a área mais agitada de todas as ilhas havaianas, com seus hotéis,resorts de muita beleza e uma gastronomia dos deuses.
Tem a avenida Kalakaua conhecida por Beachwalk.É uma quinta avenida (Nova York) numa praia, lojas de grife ,shows culturais nos átrios dos hotéis abertos ao publico,e restaurantes excelentes.

Quando a noite chega, são acesas  tochas (bem no alto) da avenida que parecem ser verdadeiras, influencia da Polinésia.Todos saem para se divertir.

Cedo da noite


 Nessa praia tem de tudo,música ao ar livre, luaus na praia  abertos ao público, inúmeros restaurantes sofisticados, predominando a cozinha de frutos do mar, com destaque a japonesa.















Bares charmosos


As delicias da culinária japonesa.

A noite, nessa mesma praia  3 vezes na semana, acontece um show típico havaiano, ula-ula, exatamente às 19.00.Fica numa área da praia, próximo a estátua do Duke. É tudo bem descontraído,todos sentam no chão e se deleitam com a musica suave dos instrumentos típicos havaianos e com o ritmo bonito dos dançarinos. Com emoção, recordei os filmes de Elvis Presley. 




 



Transporte na ilha

O ideal é alugar um carro, e aconselho fazer no Brasil.
Ao chegarmos no aeroporto,seguimos para o local das vans das companhias (rental cars).  E lá nos esperam, com simpatia e receptividade.
Alowa, é a palavra usada para nos receber. 
O trânsito em Honolulu é tranquilo e com o GPS facilmente se alcança o hotel.
 


Aonde ficar ?
Na capital, a melhor localização é ficar de frente para o mar.Ou nas ruas laterais, (não aconselho ficar longe da praia).
Escolhemos ficar no Park Shore Hotel, ótimo local, serviço eficiente, atencioso e confortável.Devemos nos prevenir com as taxas diárias de estacionamento, são caras para o nosso bolso brasileiro.Os hotéis, são todos do mesmo nível, alguns com mais luxo, em diferentes localizações. 
 A praia defronte do Park Shore, tem uma barreira artificial formando uma piscina natural, e assim ficamos na maior parte da temporada,metade do dia na praia, até a hora do próximo programa.Aconselho que faça o programa bem cedo, reservando o resto do dia para a praia.

Esse hotel tem vistas para o mar, para o parque Kapiolani, aonde fica o Zoo. Bonito parque, arvores frondosas, ideal para uma caminhada.Tudo bem próximo das lojinhas para as pequenas compras,(essenciais para os pic nic dos passeios fora da cidade). O hotel fica perto dos restaurantes e está situado na avenida principal, a Kalakaua. 
Logo embaixo do Park Shore tem a ABC store(cadeia de lojas que existe em cada esquina), aonde se resolve tudo, do lanche pronto, ao remédio de urgência. 
No interior do hotel, há um restaurante japonês  e um animado de café da manhã. Logo na saida, embaixo tem uma loja Starbuck . Recomendo o Park Shore

Ao chegarmos, ficamos atordoados com tanta beleza e atrações, apesar da dificuldade de adaptação, com fuso   horário de 8 horas, a menos do Brasil.

 Indico os seguintes programas que podem ser feitos na cidade, no início do outro dia da chegada,logo cedo da manhã.

1-Subir no vulcão desativado Diamond Head.Fica perto da cidade para apreciar uma bela vista da praia. 

2-Outro passeio, é subir de carro ao cemitério de Punchbowl,que fica também dentro de uma cratera de vulcão,e daí temos outro panorama de Honolulu

3-Escolhi conhecer o Diamond Head, e digo, é preciso ter fôlego e pernas firmes pois é uma subida boa.Um passeio que deve ser feito cedo do dia,com roupas leves , tênis, sem esquecer uma garrafinha d`agua. Logo na entrada, tem bebedouro e toaletes ,mas depois nada mais. Se for de carro, paga-se $5 na entrada do estacionamento.  


Vista do alto do Diamond Head -vulcão desativado








4-Em outra manhã, poderá ir a Alowa Tower em downtown, visitar o aquário no pier,com a opção de fazer um passeio de barco(não foi a minha escolha).

Lembrando que a noite, o melhor programa,é passear na Beachwalk, a preferida dos turistas comprando ou olhando as vitrines das lojas de grife.
E aí chega a hora de escolher o restaurante para jantar.No final darei o nome de alguns.
 
5-Entre um passeio e outro na cidade, é preciso programar uma visita a Pearl Harbor que leva uma manhã inteira.

6-Um dia para passear no shopping Ala Moana,( tive que voltar 2 vezes). É um dos maiores malls, ao ar livre do país. Com praças lindas, cheias de esculturas e exposições de arte, algo enlouquecedor.

7-Reserve 2 dias para conhecer as praias famosas de Honolulu, que ficam distante da capital. 

Tempo para ficar? No mínimo 6 dias, sem contar com a chegada e a partida.É uma viagem longa, para quem saiu do Brasil. Não visitei outras ilhas, preferimos  ficar em Ohau e conhecer melhor a ilha.


Detalhes da visita a Pearl Harbor,
leva-se uns 40 minutos na estrada e tem um número limite de visitantes . É chegar cedo, para aproveitar bem.Paga-se uma taxa de visita no memorial, e o transporte é feito de barco até o local. Logo na entrada, tem demonstração com filmes e fotos.
É proibido levar bolsas, que serão guardadas em armários(lockers), e pagar mais uma taxa.
Tem praça de alimentação e uma enorme estrutura para os visitantes.Um local histórico, marco de segunda guerra mundial, que devemos conhecer.







A visita leva uma manhã e então podemos voltar a Honolulu para fazer outros programas.

 
O shopping Ala Moana Center- imperdível

bela construção , praças com exposiçao de artes , restaurantes e lojas de encantar.

Escolhemos almoçar no recomendado Bubba Gump Shrimp Co. no boulevard Ala Moana. (foto acima).









                   Arte e cultura no Ala Moana shopping


Artista- Gerard Tsutakawa




Artista Yayoi Kusama



Artista Bumpei Akaji


Artista George Tsutakawa
Compras -

Podem ser feitas na avenida Beachwalk ,no shopping Ala Moana aonde encontramos todas as lojas de departamento e marcas famosas.Dá até para aproveitar algumas promoções. Se quiser comprar miudezas, maquiagem e lembrancinhas, vá no Walmart que fica próximo ao mall.

Restaurantes-
escolha sair para um café da manhã em casas especializadas como o Goofy café organico- o preferido dos surfistas
no Heavenly, no Denny`s, no Duke`s waikiki,e no tropical tribe.Sairá muito satisfeito para seguir o programa fora das cidades. Nas praias distantes, não há nada para comprar, é preciso ir prevenido. Ao pegar a estrada encontrará alguns restaurantes.

Para jantar em Honolulu

Isakaya - japones 
Sushi Isakaya
Izakaya Nombei( super recomendo)
Roy`s Waikiki
Kaiwa Duke`s Waikiki
The pig and the lady
Il Lupino -**no Royal Hawaiian Center
Taormina- cozinha siciliana
D. k - steak house The Cheese Cake Factory( uma perfeiçao de culinária)
Tanaka of Tokyo ( fui no da Ala Moana shoppin



**Royal Hawaian Center - é o " palacio cor de rosa do Pacífico"
fundado em 1927, ocupou o mais largo trecho de Waikiki. Seu bar junto a praia serve o melhor mai tai (aperitivo típico) da cidade e o luau das segundas, é um clássico para o turista.
 

Sem dúvida passeando em Honolulu,irá'escolher alguns desses restaurantes,e certamente, levará na lembrança o sabor do Havai.

Aproveite para tomar drinques como, o Okelahoa , é uma mistura de raiz com sabor abacaxi, rum e tequila.
O blue hawaian , que aprovei. 
O blue lagoon que enche a vista.E outros mais conhecidos Pina Colada,Mojito, Cassis Orange e mais.
 Atenção e moderação, são exóticos e atrativos.
OHAU SIGNIFICA LUGAR DE REUNIÃO .
Para compreender um pouco de uma terra é preciso conhecer muito mais a sua história e formação.
Na próxima postagem escreverei sobre o roteiro das praias, o mais emocionante. Espero que gostem das informações e se tiver mais dicas , por gentileza compartilhem.
 Até a próxima, um tour pela praia.