Postagens

Mostrando postagens de janeiro, 2022

Taormina

Imagem
 Taormina, a pérola do mar Jônico. Tem uma beleza extraordinária, é cidade das mais visitadas do mundo. Incrustada numa encosta com  ladeiras e escadarias . O teatro grego é o mais belo da Sicília,  voltado para o mar com vistas para o vulcão Etna Teatro do século III a C  É preciso planejar essa visita, para aproveitar e conhecer melhor a cidade. De carro, deverá ter muita paciência e cuidado, pois não é fácil estacionar . No primeiro dia, a proprietária do apartamento que alugamos, nos levou ao estacionamento, que era distante, e nos outros dias, fizemos como fazem os italianos, encostamos  nos muros.   Conseguimos alugar através de site, essa cobertura, com cozinha equipada e varanda com uma bela vista. Preços dentro do nosso planejamento , sabendo que em Taormina, é tudo mais caro. Essa foto acima, é de outro local, um restaurante. Não tem como deixar de apreciar a beleza da cidade. É de fato um cartão postal . Para aproveitar melhor, fique 4 dias de visita. A nossa experiência foi

Siracusa Sicília

Imagem
  Siracusa , fica no continente .  É a terra do matemático e físico, Arquimedes. Foi colônia grega da Sicília. Depois, conquistada pelos os romanos, no inicio do século ll a C . Com a decadência de Roma, foi ocupada pelos os bizantinos, depois, por  árabes e normandos.  No seu apogeu grego , Siracusa chegou a ter 300 mil habitantes no século IV, era tão importante quanto Atenas , atraindo assim muitos filósofos como Platão e foi pátria de Arquimedes . Por muito tempo , foi o porto de maior importância desses mares. Como chegar em Siracusa. De carro, saindo de Palermo pegue a A 19 até Catania. Depois tome a S 114. De ônibus, partindo de Palermo, a viagem via Catania) demora aproximadamente 3h30. De trem o percurso mais rápido, é com baldeação em Catania, e leva quase 6 horas.   Avião, não há voos diretos do Brasil para a Sicília.  Terá que descer em Roma ou Milão, com destino e conexão para Palermo. A maior atração, é o Parque Arqueológico.  Devemos reservar a metade do dia, para essa v

ORTIGIA E SIRACUSA

Imagem
O mapa acima é super interessante , aponta os pontos mais importantes a serem visitados e a distancia dos locais.    Ortígia é uma ilha ligada a Siracusa por 3 pontes, que   engloba um importante centro histórico. Graças a uma fonte de água fresca e a formação geográfica da  baía ,  os Coríntios decidiram atracar os seus navios e fundaram a cidade de Siracusa . Foi nesse mar, que Arquimedes, usou os famoso espelhos para incendiar os navios romanos e defender a sua terra natal. Chegando de carro em Ortígia, avistamos na entrada uma praça e o busto de Arquimedes. Nessa atrativa cidade turística, encontra-se um bom número de hotéis, pousadas, restaurantes e lojas de marcas famosas e ricos artesanatos. Atrações a visitar 1- Fonte de Apolo-passou por várias transformações. De igreja no período bizantino,  mais tarde, uma mesquita, depois voltou a ser igreja no período romano e até um quartel, na época da dominação espanhola. Somente em 1860 foi descoberto o templo grego,  2- Fonte de Aretus

Villa del Casale -Piazza Armerina -Sicilia

Imagem
Villa Romana del Casale - Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco.  É uma " villa tardo-romana "situada próximo a Piazza Armerina, província de Enna , na Sicília.     Famosa, devido a excepcional coleção de mosaicos, em quase todos os seus 46, ou mais cômodos.  Muito bem conservados,  pois durante longo tempo, esteve protegido por uma capa de barro, resultante de uma inundação .  Ainda hoje , indagam, a quem pertenceu o luxuoso palácio. Ao imperador? A certo  aristocrata romano? a um proprietário poderoso rural ?  a data  é de IV d. C  É uma das mais luxuosas no gênero. Pela riqueza e a qualidade dos seus mosaicos que decoraram quase todos os cômodos. São os melhores mosaicos do mundo romano. A descoberta ,se deve a Gino Vinicio Gentilli,  que em 1950, seguindo indicações de moradores. começou a exploração. Considerou que a implantação dessa habitação, uma espécie de palácio rural, não seria anterior a meados do século IV. Mais tarde, o mesmo estudioso. atribuiu essa vil