Noto -cidade barroca da Sicília.



A capital do barroco siciliano é uma comuna italiana da região da Sicília , província de Siracusa. 

Foi destruída por um terremoto em 1693 , mas reconstituída no início do sec. XVIII em outro local, o atual. Tornou-se uma maravilhosa cidade de arte e integra a lista do Patrimônio da Unesco. É uma cidade que dependendo da luz solar vemos os edifícios em tons dourados. Na maioria das construções foi utilizado a tufa branca , um material que  tocado pelo o sol, pode mudar de cor. Pela manhã, fica amarelo quase dourado e  a tarde, um tom âmbar .


Fica a 30 quilômetros de Siracusa, uma visita que pode ser um bate e volta.

A entrada para o centro histórico é pelo Portão Real - um arco do Triunfo dos anos 800 , erguido para a visita do rei Fernando.

Pontos turísticos ;

Pallazzo Ducezio, hoje é a Prefeitura de Noto

Piazza dell' Immacolata e igreja do mesmo nome.

Piazza Município , cercada por 4 importantes edifícios, são êles :a Câmara Municipal, a Igreja do Santíssimo, o Palácio do Bispo e a bela Catedral San Nicola 

Catedral de San Nicola, domina a paisagem. 

Na Piazza XVI fica a Igreja San Domenico

Depois,  o Convento Dominicano com um belo portal.

Na Igreja do Crucifixo, há uma estátua de Nossa Senhora da Neve esculpida em 1471.

O Teatro Vittorio Emanuele .

Teve o auge de sucesso com uma cantora clássica, nascida em Noto, que estudou em Nápoles e foi conhecida mundialmente.






Com uma breve caminhada , chegamos na Piazza Immacolata, 


 Igreja de San Francesco all' Immacolata . No seu altar podemos observar a imagem de Nossa Senhora pintada em madeira , obra de Monachello de 1564.


Entre os palácios destaca-se o Palazzo Villadorta, que pertenceu a familia Nicolaci. Situado numa rua inclinada , com balcões de ricos adornos. São sereias ,querubins, leões e personagens mitológicas. Nessa rua é que acontece anualmente a "Infiorata" no terceiro domingo de maio.  A via é coberta por um tapete de flôres.




 




Em Noto,, podemos desfrutar do Caffè Sicília . O lugar é comandado por um famoso confeiteiro Corrado Assenza, protagonista de uma série de sucesso" The Chef's Table Pastry". Dificil é escolher tantas delicias, como a granita, o sorvete " gelato" , a cassata e os cannoli , o meu preferido.

Outro local interessante para uma pausa é Anche gli Angeli, via Arnaldo da Brescia. Um misto de livraria, "concept store, wine bar " e espaço gastronômico.

Em Noto, encontramos muitas tendas de artesanatos nas praças, antes de entrar na Porta Reale , como os sabonetes, com perfumes de limão siciliano e outras lembrancinhas. 

Na via principal Vittorio Emanuele , depois da entrada do Arco, se encontra a riqueza do barroco de Noto. Mesmo para quem não entende de arquitetura ,fará proveito da beleza local.

Se estiver em Ortígia, poderá reservar um dia para visitar Noto , fica a 30 kms. Um passeio tranquilo e agradável. E se quiser aproveitar praia,siga depois para o Lido de Noto. 

Ao chegar na comuna bem na entrada, encontrará estacionamento a 9 euros. É o mais indicado, se não quiser andar muito. 

Atenção , na Itália em cidades turísticas, o trânsito é muito fiscalizado.

Caltagirone, Modica, Ragusa , Scicli e Militello, são pequenas cidades (comuna), que fazem parte do Val di Noto, vale conhecido mundialmente por seu rico patrimônio barroco.

Por último, li uma noticia que o trem que fazia o percurso de turismo do vale estaria voltando. A conferir.


Como não tivemos tempo de visitar todas cidades do Val di Noto, citadas acima, escolhemos Noto, pela proximidade de Ortígia, aonde ficamos 3 noites inesquecíveis. 

DICA- NOS ARREDORES DE NOTO, ESTÁ SITUADA A VILLA DEL TELARO, UM PALÁCIO DA ÉPOCA ROMANA NO MESMO ESTILO DA VILLA DEL CASALE EM TAMANHO BEM MENOR.

PROXIMA POSTAGEM "CINQUE TERRE" NO MAR DA LIGÚRIA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Foto de Lençóis e da Pousada Roncador - Chapada Diamantina - Bahia - Brasil

Taormina

ORTIGIA E SIRACUSA